domingo, 15 de julho de 2012

Como andam as coisas... :(

É só pelo emotion do título acho que vcs já desconfiam né?... Enfim, todo mundo sabe que, normalmente, as meninas que buscam uma perfeição estética tentam suprir o que há de mais vazio e defeituoso em suas vidas. Algumas têm problemas financeiros, sociais e afetivos. Os meus estão no âmbito das relações familiares. Tenho quatro irmãos. Meu pai era casado com outra mulher, com a qual teve 3 filhos. Depois se separou e se casou com minha mãe e teve a mim e a minha irmã. Hoje, moram em uma casa eu, minha irmã, minha mãe, meu pai e o irmão mais velho, filho do primeiro casamento. 

Ultimamente, a situação está muito difícil. Meu irmão não se dá bem com minha irmã e minha mãe. Logo, não se falam. Meu pai também não fala comigo, com minha irmã e com minha mãe e tudo por culpa minha, por ter dito a ele que achava que a minha irmã estava bebendo (uma suposição idiota)... No fim, não era nada disso. Mas as acusações já estavam feitas. Minha irmã não conversa com meu pai, com meu irmão e, agora, comigo. E eu não converso com quase ninguém; só com minha mãe, mas como ela sempre me dá respostas grossas e estúpidas, resolvi passar os dias no meu quarto, isolada e silenciosa.

Cresci assim, em meio a discussões, pré-julgamentos e um isolamento existencial que sufoca. Nunca tive problemas de dinheiro, temos até uma casa espaçosa. Espaço até demais, que promove a exclusão.
Falta afeto, carinho e compreensão. Não me lembro qual a última vez que disse "eu te amo" para alguém...Não tenho ninguém, só alguns amigos, muito poucos. Vejo algumas anas reclamando de dinheiro e de outras coisas, mas ninguém e nada supre o amor. E a solidão mata aos poucos...É em meio a este vazio que uma única amiga me consola: a Ana. Hoje comi quatro cream crackes e café. Às 21hrs vou fazer esteira e depois passar a madrugada acordada, pra nada, também, acontecer amanhã. Ainda acho que sou egoísta, pois sei que há pessoas com problemas maiores que os meus.

Desculpe estar desabafando aqui, mas sempre fico calada. Minha irmã tem transtorno bipolar e personalidade forte, então a minha vida inteira passei no meu canto, tentando não incomodar ninguém. Nunca dei problemas de mal comportamento e de más notas na escola. Nunca dei gastos com minha saúde. Faço faculdade, trabalho e ganho meu dinheiro (pouco mas o suficiente pra pagar minhas contas). Cedi às vontades de todos e dela, pois meus pais sempre me cobraram isso: "Mari, não responda ou brigue com a sua irmã...ela é doente". Pois então eu também tenho uma revelação a fazer mamãe e papai:

Eu também estou doente. Eu SOU doente. Mas acho que vocês sempre estiveram ocupados demais pra perceber... 
Pra me perceber...
Bjos magrelas

4 comentários:

  1. Ô flor, não se sinta assim... Tudo dará certo. Infelizmente, há pais que não sabem valorizar quem está ao seu lado. A propósito, seu blog está lindo. Se precisar de alguma coisa, passe no meu e me chame!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Sim, dará amor. Espero que um dia eles se toquem né =/
    Obrigada, o seu também!!! <3

    ResponderExcluir
  3. Ai anjo o que posso dizer, acho que você deveria conversar com sua irmã e esclarecer as coisas, a pior coisa do mundo é brigar com aquela que vai estar sempre contigo. Quanto a você ser doente,eu tentei me suicidar ano passado, tenho diversos transtornos e meus pais fazem disso piada, porque minha mãe acha que "Psicologia não funciona comigo".
    Tratam os outros que tem os mesmos problemas com todo o cuidado (minha mãe é advogada e dá apoio aos clientes dela)enquanto simplesmente ignoram os meus. Esse tempo todo a única pessoa que cuidava de mim era minha irmã (apesar de que muitas vezes eu fingia não estar acontecendo nada comigo só pra ela se sentir confiante e poder desabafar), e tenho certeza que a sua será a melhor amiga, quanto às suposições, tente conversar com ela, resolverem entre vocês e se não adiantar, aí sim recorrer aos seus pais.
    Às vezes nem tudo é tão ruim como se mostra ser...
    Beijos anjo, se cuida e qualquer coisa grita lá no msn ou no orkut =*

    ResponderExcluir
  4. Sara,
    Obrigada pelos conselhos... é horrível quando os pais acham que é frescura... Minha mãe também é assim ;(
    Vou tentar colocar em prática o que vc falou...
    Obrigada florzinha. Vc também viu? Precisando de alguma coisa é só me chamar.
    Bjãão <3

    ResponderExcluir

Não aconselho a anorexia pra ninguém. É uma doença que não escolhi. Se você se sente ofendido, por favor não entre, e, obrigada, não quero ser ajudada! ;P